Quem nos ajuda a tornar tudo isso possível

PRF Faz campanha nacional de combate ao câncer infantil


PRF Faz campanha nacional de combate ao câncer infantil

23/11/2016

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pernambuco realizou no dia 23 de novembro no Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer – Pernambuco (GAC-PE), um evento beneficente em prol das crianças, adolescentes e jovens com câncer. A ação, que acontece em mais de 20 estados do Brasil, faz parte da Campanha “Policiais contra o Câncer Infantil”, uma iniciativa do órgão que tem o intuito de alertar as pessoas sobre os sinais e sintomas mais comuns do câncer infantojuvenil.

No local foi montada uma festa com direito a apresentações de princesas e super-heróis, pinturas faciais, lanches – previamente recomendados pela nutricionista que cuida dos pacientes, entregas de brindes para as crianças (como lenços ou bandanas de cabeça e almofadas com o mascote da campanha) e doações de alguns itens apontados como necessidades para o GAC-PE. Exposição de viaturas e a presença do PRFzinho também farão parte das atrações. Na oportunidade, as crianças, com autorização médica, poderão interagir com os policiais tirando fotos dentro ou fora das viaturas.

Além do cunho festivo, o dia serviu também para chamar a atenção da sociedade e convocá-la a se doar mais. Os PRFs farão doação de sangue, cadastro para doação de medula óssea e também rasparam o cabelo como um gesto de apoio aos pacientes, que geralmente ficam carecas quando estão em tratamento. Todo o evento tem sido custeado por doações voluntárias dos policiais rodoviários federais do estado e também com apoio de parceiros que se juntaram ao órgão na campanha.

A escolha pela data 23 de novembro não foi por acaso. Este foi o dia instituído pela Lei nº 11.650/08 como o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, visando, dentre outras medidas, estimular ações educativas e promover eventos para fortalecer políticas de atenção integral às crianças com câncer e suas famílias. E foi esta lei que serviu de inspiração para a PRF desenvolver campanhas voltadas ao tema.

O projeto iniciou-se no Brasil em 2014, em Goiânia, a partir de iniciativa da Comissão de Direitos Humanos da PRF em Goiás. A ação foi realizada pela primeira vez, com apoio de centenas de policiais e com ampla divulgação na mídia nacional. Alguns meses depois a ação foi realizada em Itabuna, na Bahia, por iniciativa da Delegacia PRF daquela região.

No ano de 2015, 13 superintendências da PRF aderiram à campanha e realizaram eventos capitaneados pelas Comissões Regionais de Direitos Humanos. Este ano, espera-se que a ação seja desenvolvida em, no mínimo, 20 estados da federação.

Notícias Anteriores