Quem nos ajuda a tornar tudo isso possível

Presença do GAC-PE na aula inaugural da Liga de Oncologia de Pernambuco é marcada por emoção


Presença do GAC-PE na aula inaugural da Liga de Oncologia de Pernambuco é marcada por emoção

13/08/2013

Para marcar oficialmente a volta de suas atividades no campus do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), a Liga de Oncologia de Pernambuco (LOPE) organizou no dia 13 de agosto, no auditório da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (FENSG/UPE), uma aula inaugural contando com grandes nomes da oncologia em Pernambuco. Entre eles, a presidente de honra do GAC-PE, Dra. Vera Morais, e a sua filha, a médica oncologista pediátrica do Centro de Oncologia Pediátrica (CEONHPE) do HUOC, Dra. Adriana Morais.

O evento teve início com a apresentação da LOPE, que trouxe as suas propostas dentro das suas linhas de atuação: ensino, pesquisa e extensão. Logo em seguida, a coordenadora do grupo que compõe a LOPE e médica do Centro de Oncologia do HUOC, Dra. Cristiana Tavares, deu as boas-vindas aos aproximadamente cem estudantes que lotaram o auditório, e agradeceu a presença de todos nesse momento de extrema importância pra Liga.

“É uma satisfação enorme ver esse auditório lotado, prova que teremos muito trabalho pela frente”, pontuou Cristiana.

A presidente do Instituto Cristina Tavares (ICT), a Dra. Christiane Violet, também foi uma das convidadas para participar desse momento e apresentou o trabalho da instituição que tem como missão encaminhar e orientar o paciente adulto com câncer, na busca pelos seus direitos e por um tratamento digno. A entidade também atua no serviço de oncologia do HUOC.

Para dar continuidade ao momento, a presidente de honra do GAC-PE, Dra. Vera Morais, apresentou a história do Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer – Pernambuco (GAC-PE), trazendo um paralelo entre o serviço existente há 16 anos, quando a instituição surgia, com o atual, referência no atendimento de crianças e adolescentes com câncer. Posteriormente, a médica ministrou uma aula sobre a importância de se detectar cedo os sinais e sintomas que servem de alerta para o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, uma vez que quão mais cedo detectados, maiores as chances de cura.

Se de um lado existe um trabalho pré, de prevenção; um durante, o acompanhamento após o diagnóstico; do outro, também há um direcionamento para o pós-tratamento, sendo este um grande diferencial do serviço de oncologia do HUOC. Para este momento, Dra. Adriana Morais, trouxe o PAC – Programa de Acompanhamento dos Curados, o qual trouxe estatísticas das dificuldades encontradas pelos pacientes após sobreviverem uma doença tão estigmatizada como câncer e a intervenção do GAC-PE ao inserir esses pacientes novamente na sociedade, que mesmo “curados” não deixam de ser acompanhados periodicamente.

E para concluir esse ciclo, a ex-paciente assistida pelo GAC-PE, Kethyane Santos, 28 anos, deu o seu testemunho para os futuros médicos ali presentes.

“Que vocês não desistam dos seus pacientes por maior que seja a dificuldade, pois a família que me acolheu, o GAC-PE, nunca desistiu de mim. E que os seus pacientes um dia cheguem aos seus consultórios não somente para serem atendidos devido a um prontuário, mas sim por que vieram visitar vocês, criaram uma relação com vocês”, declarou Kethyane emocionada.

Kethyane ainda contou a sua trajetória, uma vez que devido ao retinoblastoma, tumor na retina, ela perdeu a visão nos dois olhos, mas nem por isso deixou de ser feliz e lutar pelo seu espaço. Atualmente ela é formada em Teologia, professora de braile, e estudante de pós-graduação. Ao fim, encerrou a sua apresentação tocando uma música que retratava o amor; o amor a vida, o amor as pessoas.

Para a LOPE, a proposta de trazer o ICT e o GAC-PE para o evento foi apresentar aos estudantes do campus o trabalho de instituições que auxiliam os serviços de oncologia a desenvolverem as suas atividades.

O GAC-PE agradece a LOPE pelo espaço cedido para mostrar o seu trabalho e também as fraldas descartáveis doadas a instituição, oriundas das inscrições.

Notícias Anteriores